27 janeiro 2009

Le Clezio: a terra e o mar não nos pertencem


Com o Caçador de Tesouros a viagem é entre a Maurícia e a Ilha Rodrigues, no Índico, 300 milhas a leste.

O mar que nos maltrata e o tesouro além numa enseada recortada na montanha. Sempre esteve ali, mas não se troca por dinheiro.

Em Raga, a viagem é para a terra que foi violada e explorada para que das plantações saíssem plantas convertíveis em dinheiro. Mas daí saíram desgraças, mortos e uma população devastada. Agora em Raga (ilha Pentecostes na melanésia, Vanuatu) há jardins escondidos entre a vegetação, onde a terra dá de comer e não se troca por dinheiro.

A terra e o mar não nos pertencem, fazemos parte.

1 comentário:

jp disse...

sim senhor a fronha postada e lavada.
e o barco na areia por ali
sim senhor...