13 março 2009

Imponderabilidade



Não se pode prever
Não se pode pesar

Entre o céu e a terra, onde o peso da gravidade e o peso do que ascende se tocam, aí por um momento onde nada pesa.

3 comentários:

Marta disse...

Isto é o caminho para «a insustentável leveza do ser» :)

CA disse...

...ou entre o vazio e a existência ...

Margarida Pereira disse...
Este comentário foi removido pelo autor.