01 março 2009

Sinais


O que representa este (novo) signo? Será um convite para o usar imediatamente, por prazer, ou apenas, caso tal se verifique, por necessidade?

A minha resposta será ela própria um signo, que o outro fatalmente representará, desencadeando assim entre ele e eu uma contradança tumultuosa de imagens.


(R. Barthes - Fragmentos...)

3 comentários:

Rosalba disse...

Os signos são objectos naturais e específicos. O signo não se justifica apenas como fragmento da realidade; ele também reflecte uma outra, também distinta. Nesse processo, o signo pode distorcer essa realidade, ser-lhe fiel, ou ainda apreendê-la de um ponto de vista específico. Essa manipulação característica de todos os signos justifica-se na medida em que todos eles estão sujeitos aos critérios de avaliação ideológica individual.

Marta disse...

o que sabes sobre romãs é um signo, com muito significado :)

CA disse...

Há vida em Romã ;)