27 setembro 2005

Auto retrato em estação de serviço (III)

Não encontro o CM, já estive no jardim. Talvez esteja com a Vera, aquela miuda tem olhos verdes que me assustam e não gosto que esteja sempre com o CM. Sempre que o meu marido vai para fora encontro-os de joelhos a olhar para uma estranha construção que fizeram no jardim, parece um automóvel azul, o nosso, numa estrada de asfalto e á frente um morro com imbondeiros cheios de frutos pretos que parecem ratos com a cauda pendurada dos ramos.

O CM move um pouco o automóvel e ela põe-lhe o braço por cima, dá-lhe um beijo na face, e depois sopra-lhe os caracóis, e diz-lhe qualquer coisa que me parece "falta pouco" ou "só mais um pouco", não tenho a certeza.

7 comentários:

MRF disse...

Falta pouco...? unh, suspense! :)

katraponga disse...

África... :)

jp disse...

para serem livres como o vento :-)

POLYPHEMUS disse...

Nada de antecipações, caros leitores. Folhetim é folhetim. Depois farei um compacto, mas para já é sofrer, vilanagem ! Quem sabe o que vem aí... (nem eu:))

POLYPHEMUS disse...

quem põe o braço e murmura de forma cúmplice é Vera e não a mãe, percebe-se mal, mas esta coisa ainda não foi revista. Diga-se que ainda não está devidamente temperada.

Viva a República !

outros temperos disse...

A culpa é dos leitores que não estão atentos ;)

Google Page Rank 6 disse...

Want more clicks to your Adsense Ads on your Blog?

Then you have to check out my blog. I have found a FREE and Legitimate way that will increase your earnings.

Come Check us out. How to Boost Your AdSense Revenue